Umbuzeiro Online

Política,polícia,esporte,geral,cidades,brasil,mundo,

Reta final da campanha: RC centra fogo em Cássio e volta a detonar salário de “marajá” no valor de R$ 52mil


O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a acusar o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de acumular uma pensão de ex-governador com o salário de senador da República somando um salário acima do teto constitucional que é de R$ 29 mil, o equivalente ao que recebe um ministro do Supremo Tribunal Federal.

O assunto foi lançado pelo socialista durante debate promovido pela TV Clube e provocou ampla repercussão na Paraíba, Cássio rebateu revelando que está separado da ex-primeira dama Silvia Cunha Lima e que ela que recebe sua pensão de ex-governador e revelou ainda que solicitou a Secretaria de Administração do Estado que a pensão fosse destinada a sua ex-esposa e que se há ilegalidade, o governo do estado é conivente.

Ao ser questionado durante entrevista a uma emissora de rádio em João Pessoa, Coutinho não perdeu a oportunidade de alfinetar o seu algoz:

“Eu não sabia que ele estava ganhando R$ 52 mil. Ele ainda tentou justificar e incluiu a ex-mulher dele na situação, dizendo que era para pagar pensão”, ironizou. Ricardo cobrou uma postura decente por parte do líder da família Cunha Lima:

“O povo não quer saber disso. O que ele faz com o dinheiro é problema dele. O problema é que o teto do servidor público é de R$ 29 mil e ele precisa dar retorno desse dinheiro à população”, cutucou.

ENTENDA: O assunto foi lançado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) ao trazer para o debate entre os candidatos a govenador promovido pela TV Clube, um tema pessoal da vida do senador Cássio Cunha Lima e acabou causando constrangimento ao programa. Na resposta, Cássio rebateu Ricardo e o chamou de oportunista por “usar as pessoas como aliadas e depois ataca-las”.

Ricardo acusou Cássio e acumular uma pensão de ex-governador com o salário de senador da República somando um salário acima do teto constitucional que é de R$ 29 mil, o equivalente ao que recebe um ministro do Supremo Tribunal Federal.

Cássio rebateu revelando que está separado da ex-primeira dama Silvia Cunha Lima e que ela que recebe sua pensão de ex-governador e revelou ainda que solicitou a Secretaria de Administração do Estado que a pensão fosse destinada a sua ex-esposa e que se há ilegalidade, o governo do estado é conivente.

“Ricardo tem uma característica que é ser oportunista. Quando uma pessoa lhe convém ele elogia, quando não lhe serve mais é ataca. Eu lamento que se traga para um debate uma questão pessoal”, destacou o tucano.

PB Agora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em setembro 28, 2014 por .
%d blogueiros gostam disto: